Home >>Notícias >> Obra de estádio do Corinthians supera expectativas, diz Rebelo 30/01/2012

NOTÍCIAS

30/01/2012 - Obra de estádio do Corinthians supera expectativas, diz Rebelo - 30/01/2012

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, afirmou nesta segunda-feira (30) que o andamento das obras do estádio do Corinthians, em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, supera suas expectativas e obedece ao cronograma estabelecido. Rebelo esteve nesta manhã no canteiro de obras da arena que sediará a abertura da Copa do Mundo de 2014, acompanhado do prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab.
“Superou [as expectativas] porque há pouco tempo não havia nem a terraplanagem dessa área onde o estádio está sendo erguido”, afirmou Rebelo. “O estádio está à altura do evento que o Brasil acolhe e o cronograma é absolutamente compatível.”
Durante a visita, o ministro afirmou que o governo federal pretende que a Lei Geral da Copa seja votada e sancionada até o início de março, quando o país receberá mais uma visita de representantes da Fifa. De acordo com o deputado federal Vicente Cândido (PT-SP), que é relator do projeto e também participou do evento, é preciso acertar alguns pontos relativos ao preço que será cobrado dos idosos e a algumas garantias acordadas pelo então presidente Luis Inácio Lula da Silva.
Segundo Rebelo, portaria assinada na sexta-feira (27), destinará um valor estimado em R$ 90 milhões em isenções fiscais para estimular a obra. “Não sei exatamente o valor, mas acho que R$ 90 milhões ou um pouco mais de isenções. É o que fizemos para todos os projetos”, declarou. Os estádios de Natal, Belo Horizonte e o Maracanã já obtiveram o benefício.

Consultoria
Em São Paulo, o ministro Aldo Rebelo comentou a reportagem publicada nesta segunda-feira (30) pelo jornal "O Estado de S.Paulo" segundo a qual o Ministério do Esporte pagou, sem licitação, quase R$ 5 milhões em 2011 por consultoria de uma estatal para gerenciar as Olimpíadas de 2016, a Brasil 2016, que não chegou a existir de fato.
“O governo federal decidiu construir uma empresa para a Olimpíada de 2016 e depois o governo federal decidiu extinguir a empresa. Só que a consultoria trabalhou para organizar e construir a empresa. Depois, o governo decidiu extinguir a empresa. Eu, como ministro, foi que encaminhei o pedido de inclusão da empresa no programa nacional de desestatização. Essa empresa foi constituída em 2010, e o pagamento a essa consultoria foi entre 2010 e início de 2011. Portanto é essa a informação que eu posso prestar", disse Rebelo. Segundo ele, a decisão sobre a criação e o fechamento da estatal foi tomada na gestão de seu antecessor, Orlando Silva.
Fonte: Letícia Macedo
Do G1 SP

 

 

 

  • Bradesco
  • Unisa
  • PUC
  • São Camilo
Anuncie seu Veículo Fale Conosco
© - PARKWAY - Todos os direitos reservados